09-03-18

Como achar o exercício físico da sua vida

Eu aposto que uma de suas resoluções de ano novo, era começar a se exercitar. Existem indícios que Platão, filósofo de matemático, praticava exercício físico, e até mesmo que era um exímio atleta (Platão, Plato do grego significa ombros largos). Se ainda não está convencida, existem diversos estudos que falam que a prática de exercícios físicos ajudam a diminuir riscos de doenças, e existem indícios que ajuda até no aprendizado (1, 2, 3)! Agora sim, convencida? Mas, peraí. Não precisa disso daqui:

Bambam e o seu exercício físico BIRL

Caso você não seja desse mundo, assista esse hino de vídeo. Caso queira uma explicação BuzzFeed salva

Se tem uma coisa que eu acredito, é que todo mundo vai se apaixonar por algum esporte. Se você ainda não sabe qual é o seu, eu separei umas dicas, para quem sabe você descobrir (e se apaixonar) por algum exercício físico.

Quantas pessoas já não te falaram que odeiam musculação? Eu juro que eu me encontrei na musculação. Isso vai parecer um papo maromba demais, mas foi na musculação que aprendi sobre disciplina: você não vai ver resultado se fizer meia boca. O que eu gosto na musculação, é ver a evolução. Ok, você tentou a musculação, e não deu.

Quando você pensa em academia, você pensa em… Musculação. Porém, confira se não tem alguma aula! De zumba, de jump ou de step. O legal dessas aulas é que elas são em grupo, então a energia da galera costuma contagiar muito, e é um ótimo exercício físico! Você se mexe, melhora suas coordenação (você acha que é fácil fazer aqueles passinhos no step? Engano seu!) e, eu tenho certeza que vai sair de lá com amigas.

Ca$o você $eja mai$ $ortudo, pode fazer o famoso crossfit, que costuma ter um preço bem salgadinho. Eu fiz uma aula experimental uma vez, e adorei (porém, money que é good nóis não have). O legal é que o treino é bem dinâmico: aposto que você já viu uns bando de doidinho correndo na rua, ou já viu algum post no instagram com alguém levantando um peso. Isso é crossfit. Você também pode optar pelo pilates, e não se deixe enganar achando que é uma coisa de boa, que é só alongamento, porque o bichinho pega sim. Se você for mais tiro, bomba e pancadaria, procure uma academia de luta! Os preços delas (pelo menos aqui em São Paulo) são mais abaixo do crossfit e do pilates.

Muitas academias, sejam as “convencionais” de musculação, as de luta ou as de crossfit, têm aulas experimentais, então você já vai ter uma boa noção se vai gostar ou não. Uma outra opção, é ficar de olho nesses sites de desconto. No Peixe Urbano, na aba “Beleza e Fitness” se você rolar a página, tem toda uma seção com alguns descontos bem gostosinhos de olhar. Vale a pena para você ter uma vivência maior do esporte, e ter certeza se vai amar (ou odiar).

Se você é de São Paulo, você pode ficar de olho nos cursos do SESC. Eles tem um valor bem em conta, e tem tudo o que você possa imaginar. Mas, você tem que ser rápida! As vagas acabam voando M-E-S-M-O. Ainda em São Paulo, existe um lugar da prefeitura que tem aula de tudo o que você possa imaginar. Entrei agora mesmo, e tinha ballet! O melhor ainda é o não valor: sim, é de graça. Aqui tem um mapa interativo cultural de SP. Além de esporte, tem muita coisa boa para ver viu! E, se você não é paulista, eu tenho certeza que aí também tem alguma coisa da prefeitura. Da o famoso Google, meu!

Como já diria Emicida, a rua é nóis. Então, você pode levar seu cachorrinho para passear, chamar uma amiga para correr junto, andar de patins ou de bicicleta. Pega um domingo de sol, sai dessa internet (eu pareço uma mãe falando) e vai fazer algo que te faça liberar endorfina!

Ok, você não quer sair de casa. Que tal dar uma chance para aquela brincadeira de criança e pular corda?

A realidade é que exercício físico é o que não falta. O que falta, é você dar uma chance para algum deles. E, eu juro: uma vez que você sente a endorfina, você não vai querer mais largar. Mas lembra que sem neuras, viu? É para ser divertido, e não um porre.

Lembre-se de procurar um médico, para ter certeza que você está apta para se exercitar. E procure profissionais qualificados para te ajudarem nos exercícios físicos. (Ou seja: digital influencer passando treino, você corre, ok?)
deixa um pouquinho de você comigo 💕
  1. em 12/03/2018

    Oi Débora!
    Adorei o post! Eu sou do time que não curte musculação, já fiz por um tempo, mas não adiantava, não tinha ânimo para ir para a aula e acabava pagando o mês inteiro pra nem sequer pisar na academia… ehehe
    Já fiz aula de dança (do ventre) e eu amava muito, mesmo na época que era uma vez apenas na semana, eu amava. E dava bons resultados. Eu também sempre gostei de correr, mas não é algo que dá pra simplesmente calçar os tênis e ir praticar, então tô planejando voltar a caminhar e, aos poucos, introduzir a corrida.
    Super concordo com o que você falou sobre exercícios, acho que todo mundo precisa, por questão de bem-estar, fazer alguma atividade e, o importante é encontrar alguma que te faça feliz. 🙂
    xoxo

    • em 14/03/2018

      Acho lindo quem faz aula do ventre, porém eu sou péssima nas dança hahah. É uma coisa que quero muito aprender.
      Com certeza, todo mundo precisa! E certeza que só faz bem.

  2. em 13/03/2018

    Ah eu amei o post! Super concordo que cada um tem o seu esporte! Eu odeio musculação com todas as minhas forças haha, porém amo natação e spinning! Agora vou testar o boxe porque gosto de variar e é super ativo <3
    Beijos,
    http://www.nomundodaluablog.com/

  3. em 13/03/2018

    Oii Débora. Parabéns pelo seu post. Foi exatamente assim comigo!! Chegou Janeiro e já queria estar trabalhada no estilo fitness. Mas não é assim.. realmente tem que achar o que a gente gosta. Eu nunca curti musculação, não tenho paciência. Mas você tá certa, tem muito mais coisa na academia. Eu me joguei pras aulas de cardio, body combat, rpm, circuito etc.. e amo! Estou tão viciadinha nessas aulas, que acordo bem cedo e vou antes do trabalho. HAHAHA Quando eu paro pra pensar nisso, eu vejo que nem parece com a antiga eu. Mas é tudo uma questão de hábito e motivação. Eu tô meio viciada em endorfina.. quando eu termino as aulas eu me sinto taaaao bem. Parabéns pelo post. Beijo

    • em 14/03/2018

      Sim, é tudo questão de motivação e disciplina.
      Meus amigos ficavam “MAS UKE, você acorda 5:20 para ir para a academia?” E, só quem faz sabe o bem danado que faz.
      Obrigada pelo comentário.

      Beijo!

  4. em 13/03/2018

    Muito bacana suas dicas realmente eu preciso fazer uma avaliação física antes de pensar em fazer exercícios…eu já fiz aquelas ginásticas ao ar livre mas depois parei porque preciso passar no medico primeiro

  5. em 13/03/2018

    Oi, guria eu adorei a forma com que você escreveu, foi tão divertido e dinâmico. Eu amo esportes e agradeço até hoje um instituto na minha cidade que me proporcionou a capacidade de não só conhecer diversos esportes, como outras formas de arte, sem ter que pagar, sempre fui apaixonada por futebol e descobri que amo vôlei e dança, tenho vontade até hoje de entrar em uma aula, mas como você mesmo disse dinheiro que é bom nois não have. Quem sabe um dia, por enquanto sigo dançando ao som das minhas músicas em casa mesmo hahahah Eu sou bem agitada então gastar minha hiperatividade com atividade física me dá satisfação e me faz um bem danado, adoro o cansaço bom causado pelo esporte.

    Como complemento para minha terapia, a psicóloga me indicou a Yoga, que consegui fazer por um período de quatro meses de graça, o pouco tempo é para outras pessoas terem a oportunidade também, foi um aprendizado maravilhoso, aprendi a conhecer mais meu corpo e a controlar mais minha ansiedade, os ensinamentos aplico até hoje no meu dia a dia, quero voltar a praticar todo dia nem que seja 20min. As vezes o dia corrido não permite, ma vamo que vamo.

    Amei as dicas, viu?
    Beijos da PINGUIM TAGARELA

    • em 14/03/2018

      Oi Diovana!
      Dinheiro é a parte mais complicada ): Nunca tentou ver se tem algum time de futebol ou algum grupo de dança perto de onde você mora?
      Futebol feminino é tão deixado de lado, é uma pena. Você já viu as coxonas das meninas que jogam? Coisa mai linda, queria haha.
      Yoga é ótimo mesmo né? Já fiz umas aulas for free e as vezes fico vendo aqueles posts no instagram de antes e depois, e menina, só aumenta minha vontade!

      Obrigada pela visita <3

  6. em 13/03/2018

    PRECISO começar a me exercitar com urgência, mas além de me faltar dinheiro também me falta tempo. Pretendo resolver isso em breve pois tenho me sentido muito cansada e indisposta e sei que através dos exercícios isso pode mudar.
    Beijos

    Me chama de Bella

  7. em 13/03/2018

    Oi Débora, tudo bem? O que dizer de praticar exercícios? Eu simplesmente AMO. Desde que me lembro pratico alguma atividade física. Fiz basquete (mesmo sendo baixinha), vôlei, natação, bicicleta, musculação… Teve uma época que ia à academia duas vezes no dia, era muito bom. Acredito que é apenas questão de dar o primeiro passo. Depois disso vai ficando mais fácil. Gosto mais de aulas do que musculação (sou terrível pra lembrar todos os nomes daqueles equipamentos haha). Então prefiro fazer jump, kombat, yoga, aulas que os professores estão ali e nos ensinam, corrigem, e nosso desempenho é melhor. Voltei para a academia esses dias, mudei a alimentação e tenho feito bike. É muito bom. Beijos da corujinha, Érika =^.^=

    • em 14/03/2018

      Você é a louca dos esportes né? hahaha.
      Eu sempre fui péssima com esses esportes de quadra, porém superei.
      Já eu, sou a doida da musculação. Sei de cor e salteado o nome dos aparelhos tudo hahah

      Um beijo

  8. em 13/03/2018

    Oie! Confesso que nunca me dei bem com esporte/exercício. E isso vem desde a escola. Sempre fui muito desajeitada e desastrada e, confesso, morria de vergonha de participar de qualquer esporte, por mais simples que fosse, porque era uma zero à esquerda ahah Até as aulas em que o professor nos fazia correr em voltas na quadra eram um saco porque sempre fui desajeitada correndo. Vez ou outra gosto de dar uma caminhada pela rua. Mas uma coisa que sempre gostei de fazer, desde criança, foi fazer trilha e atividades mais na natureza, como arvorismo. Mas isso não é algo que se possa fazer toda a semana por que esse tipo de coisa costuma ser afastado da cidade e , pelo menos na minha, só tem em um parque de aventura que não tenho como pagar todo final de semana para ir :p Mas concordo com você que atividades físicas são super importantes e, mesmo quando saio de casa me arrastando nos raros momentos que decido caminhar, me sinto bem disposta depois.
    Beijos

    • em 14/03/2018

      Menina, quem me viu, quem me vê. Eu era a ú-l-t-i-m-a a ser escolhida, sempre.
      Sigo péssima com esportes de quadra, porém eu me encontrei na musculação.
      Queria fazer trilha, mas não tenho companhia 🙁

      Um beijo

  9. em 14/03/2018

    Oi! Tudo bom?

    Antes de tudo: eu me diverti HORRORES lendo a sua postagem! Achei sua forma de escrever muito interessante, senti como se estivesse conversando com você cara-a-cara. Porém, devo admitir que os únicos esportes que pratico são os (nem tão) famosos e-sports – fico o dia inteiro jogando se deixar hahaha eu até gosto bastante de zumba, ma$ não e$tou tendo muito tempo, $abe como é?

    Abraços,
    Gislaine | Literalize-se

  10. em 16/03/2018

    Eu me lembro que há alguns meses eu fazia academia todos os dias, mas por questões… emocionais, acabei saindo. Até que gostava, mas não tanto. Na verdade, eu nunca fui muito ligada a esportes e atividades físicas, mesmo sabendo da sua importância. Quero começar fazer algo como natação ou até balé clássico 🙂

    Gostei do seu texto, é bem motivador!