21-03-17

6 coisas para fazer esse ano

Dizem que o ano só começa depois do Carnaval. E, sim. Pelo o que parece, estou um pouco atrasada para fazer as metas desse ano, mas, sejam legais comigo: teve bloquinho em São Paulo até o fim de semana passado. Então, tá tudo bem.

Rubinho Barrichello te deseja um ótimo 2017!

Rubinho Barrichello te deseja um ótimo 2017! | Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

Aquele post sobre a cadeira de roupas da vida é bem bonitão. Palavras bonitas, motivacionais… Porém, são só palavras. E a gente, tem que? Isso mesmo. Fazer alguma coisa para mudar. Mas, mudar é um processo complicado, de muitas variáveis, a gente acaba perdendo o rumo, achando que não consegue, deixando para lá… Então, resolvi passar tudo o que está na minha cabecinha para cá, e não posso deixar de imaginar “magina que louco, se eu fizer tudo isso, e vir aqui contar?”. Uma motivação a mais (:

  • Tirar fotos
  • Namoro fotos no intragram e no pinterest. Tenho uma luta: timidez versus vontade de fotografar. Acredito que: se eu conseguir tirar fotos, minha timidez vai melhoras e muito.

  • Estudar
  • Eu escrevo códigos. Basicamente, eu manjo os paranauê de fazer sites e uns programas. Porém, essa área é louca: você piscou, e já tem um milhão de tecnologias novas. Em contrapartida, também tem um montão de curso de qualidade internet a fora. O que a gente precisa é de vontade.

  • Praticar o tal do auto controle.
  • Longa história, com muita coisa. Ao invés de tentar resumir tudo isso aqui, vai ter post especialmente sobre.

    Adventure Time
  • Conhecer gente nova
  • Vocês já experimentaram sair por aí, e conhecer gente nova? Fiz isso um dia desses, e só sei sentir amor. Digamos que esse é um objetivo meio completo. Porém, mais gente nunca é demais, né não?

  • Conhecer novos lugares
  • Nem preciso explicar, não é? Esse item inclui aquele ótimo: guardar dinheiro. O que nos leva diretamente para…

  • Ter um portfólio
  • De novo: faço códigos e uns sites. E, sabe aquela história? Casa de ferreiro, espeto de pau? Pois é. A gente, que trabalha com essas tecnologias, costuma ter um cantinho na internet para mostrar o que a gente faz. Ajuda a encontrar emprego e clientes.